Snappy

HostGator Blog

Blog oficial da HostGator

Marketing de conteúdo: sua empresa está preparada?

Escrito por Vanessa Fetter

quinta-feira, 07 de agosto de 2014

Share Button

planejamento e estratégia de marketing de conteúdo

É consenso entre os profissionais da área digital que o marketing de conteúdo é essencial na estratégia online de uma empresa.

Utilizada para engajar seu público e aumentar a rede de clientes e potenciais clientes, a estratégia surgiu para atender uma mudança no perfil do consumidor: hoje, conteúdo atrai mais que propaganda, além de receber mais links e ser compartilhado nas redes sociais. 

É fato: se você for capaz de produzir conteúdo que ensina algo, ajuda a resolver um problema ou entretém, será mais fácil atrair a atenção do público. Além disso, ao falar sobre temas ligados à sua área de atuação, você conquista credibilidade e se posiciona como referência.

Mas como fazer isso de forma eficiente? Abaixo você encontra algumas dicas.

 

Marketing de conteúdo: o básico para você planejar sua estratégia online

A presença online é fundamental, mas não garante, sozinha, o bom relacionamento com o seu público. Planejar é essencial para alavancar o marketing online, além de posicionar a empresa antes dos concorrentes.

Abaixo, algumas questões básicas que você deve examinar quando estiver decidido a investir “pesado” em marketing de conteúdo. Se você já se lançou neste mundo e está com dificuldades para obter resultados, sempre é tempo de revisar algumas ações, e corrigir o rumo.

  • Defina seus objetivos: tenha sempre seus objetivos bem definidos. É fato: se você tem um direcionamento (uma ideia do que quer alcançar), as decisões futuras tornam-se muito mais fáceis. Comece definindo claramente o que você quer:
    1. Gerar leads para seu negócio;
    2. Garantir reconhecimento para sua marca;
    3. Reter (e encantar) seus clientes;
    4. Auxiliar a equipe comercial;
    5. Todos os objetivos acima. 🙂
  • Conheça seu público alvo: sempre tenha em mente qual é o seu público. É importante que saiba qual o perfil, os hábitos, a faixa etária, o sexo. Mapeando estes elementos, você vai ter uma boa visão sobre os assuntos pelos quais ele se interessa, seus problemas, e vai saber exatamente como ajuda-lo (com conteúdo relevante).
  • Defina os canais que vai utilizar: com o perfil definido, é hora de pesquisar sobre as diferentes mídias utilizadas, e definir quais têm mais aderência junto ao seu público. Não se limite às mais conhecidas. Elas são fundamentais, mas se existe alguma rede de nicho com relevância na sua área, considere-a como alternativa.
  • Produza conteúdo: produza, produza e produza. Lembre-se: conteúdo não se limita a texto. Você pode ir além do blog (mas não deixe ele de lado) e produzir imagens, gráficos, infográficos, e-books, apresentações, vídeos. Enfim, criatividade e boas ideias valem muito.
  • Promova seu conteúdo: dizem que o bom conteúdo se espalha rapidamente pela internet. É verdade, mas tem um porém. Se ninguém souber que você produziu, um e-book maravilhoso pode cair no total esquecimento. Para levar o conteúdo para seu público, use todas as ferramentas disponíveis: redes sociais, infográficos, e-mail marketing, e uma infinidade de outras alternativas.

 

Conteúdo: algumas ferramentas para colocar sua estratégia em prática

As ferramentas estão disponíveis. Basta ter criatividade e saber utilizar o conhecimento que você (e seus colaboradores) possuem sobre a área. Para que tenha noção da dimensão deste universo, citamos abaixo algumas das principais:

  1. Blog: certamente um dos principais elementos para a construção da sua estratégia. Post relevantes, que resultam problemas ou ensinem algo, criam uma conexão com o público, e ainda permitem o compartilhamento social.
  2. Mídias sociais: junto com o blog, certamente é um dos pilares do marketing de conteúdo. São centenas de opções, com algumas bem conhecidas (cada uma com seu perfil específico), como Facebook, Twitter, Google+, Linkedin, Instagram, Pinterest, Slide Share, entre muitas outras.
  3. E-mail marketing: seu potencial vai além de um canal de vendas diretas. Você pode utilizar o e-mail marketing para promover conteúdos relevantes e úteis para seus leitores e clientes.
  4. E-books: normalmente são conteúdos bem educativos. Altamente compartilháveis, são peças que agregam muito valor e credibilidade à empresa.
  5. Vídeos: produção de vídeos é uma área de ganha constantemente espaço. O YouTube é uma das referências na área.
  6. Infográficos: uma ótima forma de transmitir informações complexas (ou muito densas) de forma visual. É muito utilizado, por exemplo, para apresentar os dados mais relevantes de uma pesquisa sobre determinado setor.
  7. Webinar: são conferências ou palestras realizadas ao vivo na web. O formato é relativamente novo, e encoraja o público a fazer perguntas.

 

Marketing de conteúdo: como escolher os canais mais relevantes

Produzir conteúdo regularmente exige esforço e transpiração. Afinal, nem sempre é possível ter alguém disponível para planejar e produzir conteúdo diariamente (ou seguir um calendário pré-determinado).

Mesmo assim, é importante investir nesta área. Para auxiliar, algumas dicas que podem reduzir muito os erros na hora de escolher os canais mais relevantes:

  • Foco: se sua empresa não tem “braço” para investir em todos os canais, defina aqueles que são mais compatíveis com seu público. O que isso quer dizer? Bem, você não precisa estar em todas as redes principais, nem investir em todas as plataformas ao mesmo tempo. Escolha aquelas que são compatíveis como seu público, e o seu negócio.
  • Conhecimento: quando você conhece seu público, e conhece também o perfil de cada rede (existem toneladas de pesquisas na internet falando sobre as características de cada uma), já tem os elementos para tomar a decisão correta.
  • Segmentação: nem sempre você vai encontrar seu público nas mídias sociais mais utilizadas. Em algumas áreas, redes de nicho e redes específicas do ramo de atuação da sua empresa podem ser muito mais relevantes para você estabelecer um diálogo com seu público, e buscar novos clientes. Existem várias redes para a área médica, artes, arquitetura, amantes de carros, moda, entre outras.

Então, quer saber mais sobre marketing de conteúdo? Você pode ajudar a construir os próximos posts sobre o assunto. Deixe seus comentários e sugestões abaixo.

 



Vanessa Fetter

Sobre Vanessa Fetter

Profissional de comunicação e marketing, com formação em jornalismo e especialização em Mídias sociais. Atualmente atua como Coordenadora de Comunicação na HostGator, onde é responsável pelas áreas de produção de conteúdo e mídias sociais.

Postado em:

Marketing Digital, Mídias sociais
Comentários