Snappy

HostGator Blog

Blog oficial da HostGator

CloudMark: conheça o filtro AntiSpam que a HostGator adotou nos servidores

Escrito por Gustavo Andretti

quarta-feira, 30 de março de 2016

Share Button

 

CloudMark: conheça o filtro AntiSpam que a HostGator adotou

 

Recentemente a HostGator adotou em todos os servidores de hospedagem compartilhada o filtro AntiSpam CloudMark, que analisa as mensagens enviadas por remetentes que não seguem as boas práticas para envio de e-mail e as classifica como spam.

Para conhecer melhor o filtro, confira abaixo os principais benefícios e também as verificações que o CloudMark realiza em cada e-mail.

 

O que é o CloudMark e quais os principais benefícios desse filtro AntiSpam

O CoudMark é um filtro AntiSpam que controla todos os e-mails enviados pelo servidor. Ele filtra as mensagens enviadas, fazendo diversas analises no corpo do e-mail, remetente e assinatura, e também verifica a reputação do domínio através de um banco de dados AntiSpam global.

Dessa forma, garante a integridade dos servidores e evita que o mesmo seja usado para envio de spam – o que poderia gerar transtornos para todas as contas hospedadas no mesmo local.

O serviço garante:

  1. Mais segurança na entrega de e-mails, evitando que mensagens suas sejam consideradas lixo eletrônico ou spam e barradas nos principais servidores.
  2. Maior controle da utilização dos serviços de e-mail do servidor, garantindo melhor desempenho no envio e recebimento de e-mails.

 

Como o CloudMark funciona

Com regras mais rigorosas para determinar o que é spam, o CloudMark funciona juntamente com os servidores da HostGator – em substituição aos antigos filtros de spam oferecidos nos planos de hospedagem.

Através desse sistema, cada e-mail enviado é digitalizado e encaminhado para o gateway apropriado ou categorizado como spam. Para determinar se um e-mail é spam ou não, o filtro analisa várias características da mensagem (confira lista abaixo), além de criar um histórico das mensagens e remetentes marcados como spam. A medida que as pessoas classificarem as mensagens como spam, as impressões digitais dessa mensagem são detectadas e os novos e-mails com as mesmas características passam a ser marcados como spam.

 

Importante: um remetente só é incluído na lista de remetentes de baixa reputação (como são chamados os remetentes marcados como spam) se houver centenas de reclamações em relação a ele.

São várias filtragens que alimentam o CloudMark. Abaixo, confira os principais pontos:

  1. Filtragem de destinatários cadastrados no CloudMark: o filtro conta com uma rede de e-mails de destinatários cadastrados em vários provedores, que são influenciadores de reputação. Se um remetente tem alto índice de rejeição junto a esses destinatários, possivelmente o domínio dele será avaliado como de baixa reputação;
  2. Análise do HTML: componentes do HTML do e-mail são analisados e pontuados separadamente (cabeçalho, conteúdo, links, código) e armazenados em sua base para futuras consultas. Verificação do filtro AntiSpam CloudMark
  3. Checagem de Reincidência de Spam: o CloudMark só bloqueia um remetente após um histórico negativo de mensagens classificadas como spam através do cruzamento das informações dos itens 1 e 2.

 

AntiSpam: dicas adicionais e boas práticas

Além desse upgrade no filtro de spam utilizado nos servidores, sempre é importante seguir as regras de boas práticas para o envio de e-mail, produzida pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil.

Confira, abaixo, algumas dicas adicionais para evitar que os e-mails que você manda sejam marcados como spam:

  • Evite enviar e-mails em massa para pessoas que não se inscreveram para receber seus comunicados;
  • Nunca compre listas de e-mail;
  • Sempre tenha dupla confirmação dos e-mails inseridos em suas listas de e-mail.

 

Ah, para ir mais a fundo nessas explicações, confira nossa Política de E-mails. Lá você encontra as regras para uso de listas de e-mail, além de informações mais técnicas sobre o assunto.

Aproveite também e confira o site oficial do CloudMark.

 

É legal saber mais sobre o assunto, não concorda? Se tiver alguma dúvida, entre em contato com nosso suporte. Aqui no blog também estamos sempre à disposição para responder suas dúvidas: é só usar o espaço para comentários.

 


Gustavo Andretti

Sobre Gustavo Andretti

Profissional em análise de sistemas, com formação em Sistemas da Informação. Atualmente atua como Analista de Gestão do Conhecimento na HostGator.

Postado em:

Hospedagem de sites, Segurança
Comentários
  • SideShowBob

    Como o usuario sabe que foi bloqueado ?

    • hostgatorbrasil

      Olá, tudo bem? Você esta com alguma dificuldade para enviar um e-mail? Sugiro que entre em contato com o nosso suporte avançado via ticket para verificarmos a origem do problema. Obrigado pelo contato, qualquer dúvida retorne 🙂

  • Eraldo Bonilha

    Olá Gustavo,

    Então já está ativo ou sendo gradualmente?

    Abraço

    • hostgatorbrasil

      Olá Eraldo. Tudo bem? O filtro já está ativo em todas as hospedagens compartilhadas (Planos P, M, Business, Plus, Revenda e Criador de Sites) Qualquer dúvida entre em contato 🙂